África do Sul

Cães ajudam a proteger rinocerontes


2012-04-23

As autoridades sul africanas, preocupadas com a continuação do abate de rinocerontes por parte de caçadores furtivos, decidiu criar brigadas caninas para reforçar o controlo das zonas protegidas. É principalmente perto da fronteira com Moçambique que mais ataques a estes animais em vias de extinção se têm feito sentir.

A África do Sul tem sido um dos países que mais tem investido na protecção dos seus rinocerontes e, ao fim de alguns anos, os progressos conseguidos têm sido grandes, com o número destes animais a aumentar significativamente em algumas regiões. Muito do trabalho efectuado está para lá da mera fiscalização e punição dos caçadores furtivos, partindo antes de mais de um trabalho importante com as populações. Estas são alertadas para o facto de os rinocerontes serem mais importantes e rentáveis vivos, já que a ida de turistas ao país e às regiões onde podem observar estes animais acaba por criar empregos, directos e indirectos, com o turismo de natureza a gerar localmente importantes recursos.

Só no ano de 2011 foram contabilizados no país 448 abates ilegais de rinocerontes. Outros terão acontecido sem que nunca ninguém saiba, por acontecerem em zonas ainda com menos controlo. Numa população já de si muito abalada pela caça clandestina ao longo dos anos, tudo isto acaba por deitar por terra muito do trabalho e investimento feito, na tentativa de proteger a espécie.

Até agora, a protecção dos rinocerontes estava entregue a forças militares, guardas da natureza das próprias zonas protegidas e guias autóctones, mas daqui para a frente, estes agentes vão poder contar com o apoio de cães treinados na busca de caçadores furtivos, numa tentativa de criar sobre estes uma pressão permanente que os leve a deixar para trás a caça e a dedicarem-se a outras actividades. Antes dos cães, tentou-se em algumas regiões sedar os rinocerontes e serrar-lhes o corno com toda a segurança, para que assim deixem de ser um alvo para os caçadores. Este procedimento tem resultado mas, para além de necessitar de muitos meios físicos no terreno, retira a beleza dos animais e torna-os também menos capazes de se defenderem de outros animais da mesma espécie, tornando-os muito vulneráveis.

O treino de cada cão está orçamentado em 8000 dólares, mas este valor é apenas uma gota de água no total do investimento que todos os anos é feito no sentido de capturar esses caçadores furtivos. O único objectivo destes criminosos é retirar dos animais o seu corno, já que em algumas regiões do planeta ainda se acredita ter propriedades medicinais. Tem por isso um elevado valor no mercado negro internacional, podendo atingir os 70000 euros por quilo, depois de esmagado e processado. Um corno de rinoceronte pode render mais de 250000 euros, já que quando retirado do animal pode pesar 12 quilos, antes de o esmagarem e retirarem algumas partes não comercializaveis.


Notícias
2015-01-24
Os animais de companhia podem trazer muitos benefícios para a saúde física e mental dos seus donos e daqueles com quem interagem. Já muito falámos aqui desse tema, mas nos últimos dias, literalmente, vidas humanas foram salvas por animais que não tinham qualquer tipo de treino para o fazerem, mostrando que a sua intuição, por si só, é suficiente para salvar vidas a crianças ou idosos, não fazendo distinção.
Filtros: Gatos
2015-01-17 Inglaterra
Uma cadela de raça labrador aprendeu a viajar sozinha, no autocarro, até ao parque onde o dono a levava a passear e agora realiza a proeza com tanta frequência que os passageiros já sentem a sua falta quando ela não vai.
Filtros: Cães
2015-01-14 Estados Unidos
A Motorola desenvolveu e vai lançar no mercado coleiras para cães que permitem aos donos saber quase tudo sobre os seus cães e o dia-a-dia destes. Os dois modelos de coleira agora anunciados, para o cada vez mais sofisticado e exigente mercado dos produtos para animais de companhia, prometem fazer os donos abrir a carteira, para que os seus cães possam dispor de uma destas maravilhas tecnológicas concebidas pela Motorola.
Filtros: Cães
2015-01-04 Estados Unidos
Desde há muito que se propõem terapias com animais para aqueles em quem é diagnosticada alguma problemática do espectro do autismo, independentemente do grau. Sabe-se que as competências sociais acabam por sair sempre reforçadas, sejam cães, gatos, cavalos, golfinhos ou quaisquer outros animais que interajam com aquele que beneficia da terapia.
Filtros: Cães
2014-12-30 Global
A época que se aproxima é aquela em que mais problemas podem ser causados aos nossos animais de estimação. O fogo-de-artifício e outras fontes de barulhos menos comuns podem criar neles um elevado nível de «stress» e levar a que se assustem e magoem ou, em muitos casos, a que fujam para não mais voltar.
Filtros: Cães
2014-12-30 Estados Unidos
Cada vez mais a tecnologia de ponta é posta ao serviço dos humanos e dos animais. Desta vez, o felizardo foi um cão que viu ser-lhe restituído o andar, depois de um grupo de voluntários ter criado para ele umas patas biónicas e de as ter obtido numa impressora 3D de última geração.
Filtros: Cães
2014-12-30 Itália
De vez em quando, somos surpreendidos pelo engenho com que alguns tentam enganar todos os outros. Felizmente, já poucos se deixam enganar e as vigarices acabam mal para aqueles que as cometem, principalmente quando se tentam mostrar cães pintados como se fossem pandas e se tenta com essa patranha ganhar dinheiro.
2014-12-22 Estados Unidos
Um cão modelo que permite que os seus donos embolsem algo como 12000 euros mensais é algo raro, muito raro, mas é o feito que Bodhi tem conseguido ao longo dos tempos, ao ser preferido para campanhas publicitárias de várias marcas de artigos para cães.
Filtros: Cães
2014-12-22 Global
Na quadra que agora se festeja, surge sempre a possibilidade de oferecer um animal de companhia a alguém de quem gostamos muito. Por muito que essa pessoa gostasse de receber esse animal, convém ponderar e tentar perceber junto dela ou da família se todos estão preparados e se dispõem de condições de tempo e espaço para tratar dele de forma responsável.
2014-12-22 Portugal
A Câmara Municipal de Grândola vai iniciar um plano de controlo populacional de gatos assilvestrados na Península de Troia. Estes animais estão distribuídos por quatro colónias e não se sabe ao certo quanto tempo irá demorar a operação, até porque não se sabe exatamente quantos gatos existem naquelas condições na malha urbana daquele território, apenas se sabe que o seu número não para de aumentar e pode por em causa a saúde pública.


Truques & Dicas
Publicidade



Galeria fotográfica

Classificados
são paulo, brasil
Canil menorah cativantes filho
Braga, Portugal
Cachorros Castro Laboreiro

Animais * Clix
Contacto
Login
Privacy policy